Voz da Escola
Jornal da Escola Secundária Henrique Medina
Pesquisa

Sabias que... História com Letras
Por Henrique Pontes (Aluno, 12ªI), em 2023/02/2788 leram | 0 comentários | 47 gostam
Sabias que Albert Einstein foi um físico teórico alemão que mudou para sempre a Ciência devido à sua inteligência ímpar?
Einstein nasceu a 14 de março de 1879 em Ulm, no Império Alemão. Era oriundo de uma família de Judeus. A sua infância ficou marcada pela preocupação dos seus pais em relação às dificuldades que revelava ao nível da fala. Mudou-se cedo para a Suíça onde iniciou os seus estudos na Escola Politécnica de Zurique.
A sua escolaridade foi rodeada de muita controvérsia e confusão. Os seus professores achavam-no rebelde, visto que era um aluno que faltava às aulas e só tinha bons resultados a algumas disciplinas, como Matemática e Física.
Em 1915 criou a Teoria da Relatividade, a sua teoria mais famosa e a que mudou o rumo da Ciência através da equação E=mc2. Mas foi só em 1921 que lhe foi atribuido o Nobel da Física, por reconhecimento do seu mérito como autor da teoria sobre o Efeito Elétrico.
A partir desse momento, Einstein tornou-se um dos grandes vultos da Ciência, sendo convidado para ir visitar países como o Japão, o Brasil, a Argentina, os EUA, entre outros.
Einstein foi vítima do antissemitismo de Hitler. Assistiu à vandalização dos seus bens pessoais e viu as suas teorias serem recusadas pelos alemães, por ser de ascendência judaica. Em 1935, depois de uma visita aos EUA, decidiu instalar-se definitivamente no país, na cidade de Princeton, devido à perseguição aos judeus em curso na Alemanha.
O projeto Manhattan foi um dos erros que Einstein cometeu, assumido pelo próprio, pois foi um homem que sempre valorizou a paz. Numa carta que escreveu ao presidente Rooselvelt, foi visto como um homem que queria guerra. Sabe-se, no entanto, que apenas pretendia travar os inimigos da liberdade, que apresentavam forte avanço na área da energia atómica e nuclear. Foi a sua fórmula que permitiu aos americanos o fabrico da bomba atómica e de outras armas nucleares.
No verão de 1950 foi-lhe diagnosticado um aneurisma abdominal. Einstein recusou qualquer tipo de tratamento. Faleceu no dia 18 de abril de 1955 no Hospital de Princeton, deixando-nos um legado fantástico, legado esse que ainda nos dias de hoje é estudado.
Em 1999, cem cientistas de renome consideraram-no o físico mais memorável do Século XX e a conceituada revista “Time” classificou-o como a personalidade de maior destaque do Século XX.


Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe