Voz da Escola
Jornal da Escola Secundária Henrique Medina
Pesquisa

Bebras - Castor Informático
Por Ana Azevedo (Professora), em 2019/12/05209 leram | 0 comentários | 57 gostam
As turmas do 1.º ano do Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos participaram, no dia 25 de novembro, na primeira edição, a nível nacional, do Bebras - Castor Informático, Desafio Internacional de Pensamento Computacional.
As turmas do primeiro ano do Curso Profissional de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos (TGPSI) participaram, no dia 25 de novembro, na primeira edição, a nível nacional, do Bebras - Castor Informático, Desafio Internacional de Pensamento Computacional organizado pelo Departamento de Ciência de Computadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, juntamente com a TreeTree2.
No site do evento, pode-se ler que o Bebras - Castor Informático é uma iniciativa internacional para promover e introduzir a informática e o pensamento computacional para estudantes de todas as idades. Foi desenhado para motivar estudantes de todo o mundo, sem necessidade de experiência prévia. É organizado em mais de 50 países e, este ano, Portugal conta com mais de 4000 alunos distribuídos por todas as faixas etárias previstas e 50 escolas e agrupamentos.
Os desafios do Bebras consistem em pequenos problemas divertidos, estimulantes e baseados em tarefas que os cientistas de computadores encontram com frequência e gostam de resolver. Os problemas não requerem nenhum conhecimento prévio, mas requerem algum pensamento lógico.
A edição deste ano decorre de forma experimental, sendo os desafios realizados exclusivamente com "papel e caneta". O desafio tem a duração de 45 minutos e um total de 15 problemas em cada faixa etária (5 de categoria "fácil", 5 de categoria "média" e 5 de categoria "difícil"). A exceção são os castores (3.º e 4.º anos de escolaridade) que terão apenas 12 problemas (4 de cada nível de dificuldade).
São cinco as faixas etárias, distribuídas da seguinte forma: Castores: 3.º e 4.º anos de escolaridade (1º ciclo); Benjamins: 5º e 6º ano de escolaridade (2.º ciclo); Cadetes: 7.º e 8.º anos de escolaridade; Júniores: 9.º e 10.º anos de escolaridade e Séniores: 11.º e 12.º anos de escolaridade.
Em síntese, perante o interesse e participação dos nossos alunos, podemos concluir que a atividade foi um sucesso.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe