Voz da Escola
Jornal da Escola Secundária Henrique Medina
Pesquisa

Ex abundantia cordis
Por Augusto Silva (Professor), em 2016/11/14196 leram | 0 comentários | 31 gostam
a Maria da Glória Coutinho Marques Moreira
Maria Glória, ainda a brisa d’encosta soalheira e sobranceira ao largo mar
Corre, branda e tonta, envolvida em lágrimas salgadas de dor!…
Ainda o aroma delicodoce das pétalas do teu jardim
Atapetam veludosas os passos, os pensamentos…
E já há lonjura da ausência, a saudade,
Lembrança da cruel partida
Qu’aperta e embarga a minha voz!

Ainda o mar, do raiar ao pôr do sol,
C’o as ondas no vai-vem da bonomia,
Reflete o silêncio das pegadas
Que serpenteiam as areias douradas
Dessa praia, a tua praia d’amor e d’alegria,
E já sinto a lonjura da distância,
As recordações em dor, a saudade!

Ó mar, ó Senhora da Guia,
Ao menos cumpri a jurada profecia
E em mãos maternais ou em maresia
Deixai aqui, neste prateado cais,
onde o Aluno Sonha e o Futuro Nasce,
Sua voz em eco infinito,
… E nas ondas do mar, em sinfonia,
Baloice, como pétalas de roseirais,
O espectro neste meu lenho de solidão e ais!


Comentários

Escreva o seu Comentário