Voz da Escola
Jornal da Escola Secundária Henrique Medina
Pesquisa

A mulher de cabelo d’oiro
Por João Esteves Dias (Aluno, 11ºI), em 2016/01/15378 leram | 1 comentários | 146 gostam
Foi em Novembro que te vi,
O teu cabelo não mais esqueci,
À noite a Deus eu perguntava:
- Quem era a mulher cujo cabelo brilhava?
Foi pelos teus fios d’oiro
Que fiquei deslumbrado,
Foi por aquele cabelo loiro
Que fiquei apaixonado;

Com os teus cabelos eu sonhava,
Pelo teu canto fui surpreendido,
O cabelo não brilhava sozinho
Tinha uma voz que o acompanhava;

O teu semblante foi mudando,
E o teu corpo esguio crescendo
Mas, o sorriso, no entanto
Continuou sempre o mesmo;

A menina de cabelo loiro,
Tornou-se mulher de cabelo d’oiro
E passou de menina pouco vista,
A mulher de capa de revista.


Comentários
Por Celeste Silva (Familiar de aluno), em 2016/03/12
Parabéns gosto muito do teu poema, eu gosto muito de poesia, e ver os jovens escrever sinto muito orgulho desejo-te muita felicidade.

Escreva o seu Comentário