Verdes Anos
Jornal do Pré-escolar Escola Básica Espinho 2
Pesquisa

Poesia em família
Por Manuela Cardoso (Professora), em 2015/01/2465 leram | 0 comentários | 5 gostam
Poema construído em família - Rogéria, Joana e Alexandre (e Amélia que a Mana faz sempre questão de incluir).
"Amora"

Eram campos bem floridos,
cresciam doces as amoras.
Que tempos divertidos!
Só correrias, cabriolas!

Amoras sumarentas,
de pequenos grãos azeviche.
O Tomás comia "milhentas"!
"Comi tantas, que fixe!"

Nesses campos de outrora,
também comi eu uma amora.
Mas a cidade cresceu...
Esse campo desapareceu...

Tenho saudades da amora...
Vou passear, por aí fora!
Por outros campos a florir,
vou contente e a sorrir!


Hoje de manhã a Rogéria quis fazer um poema e escolheu o tema "amora". Fizemos um exercício descobrindo e brincando com as palavras, partilhando contributos e escrevemos o "poema".
No final, a Rogéria aprovou o conteúdo e pediu para juntar a imagem de uma amora preta.

    (Partilha enviada pela família da Rogéria)


Comentários

Escreva o seu Comentário