Trash League
Jornal da Escola C.e. Sesi 344 de Ribeirão Preto
Pesquisa

Principais Doenças nos Gatos
Por Caio Nogales (Aluno, 7º ano), em 2016/10/09197 leram | 0 comentários | 39 gostam
É importante conhecer as principais doenças que podem afectar os nossos pequenos felinos. Não hesite em pedir mais informações ao veterinário assistente, bem como dirigir-se a ele caso note uma mudança de comportamento suspeita no gato.
Peritonite Infecciosa Felina (PIF)

É um vírus que contamina o abdómen, o fígado, rins, cérebro e sistema nervoso, criando nessas zonas abcessos e infecções. A transmissão pode ocorrer de duas formas: através do contacto do gato saudável com as fezes de um felino contaminado (por exemplo, se existem vários gatos a partilhar a mesma caixa de areia/W.C.) ou através da amamentação, em que a gata infecta as suas crias. Perda de apetite, emagrecimento, anemia, diarreia, febre constante, abdómen distendido, gânglios linfáticos aumentados são alguns dos sintomas.

Vírus da Imunodeficiência Felina (FIV)

Afectando exclusivamente os gatos, o FIV é um vírus que diminui drasticamente as capacidades imunitárias, o que proporciona o fácil aparecimento de infecções e outras doenças.
É transmitido por um gato infectado, nomeadamente na transmissão de sangue, sendo este género de contacto extremamente frequente durante as lutas de gatos onde as mordidelas provocam feridas abertas.

Rim Policístico (PKD)

A Doença do Rim Policístico ou PKD (do inglês “Polycystic Kidney Disease”) é caracterizada pelo surgimento de cistos no rim, causando disfunção renal. A formação dos cistos ocorre ainda no período gestacional, porém estes aumentam de tamanho com o passar do tempo e podem variar de 1 mm a 1 cm de diâmetro. Normalmente animais mais velhos apresentam cistos maiores e em maior quantidade que animais mais jovens.

Vírus da Leucose Felina (FeLV)

Tal como o FIV, também o FeLV é imunodepressivo, retirando ao sistema imunitário, de forma gradual, a capacidade de se defender contra as doenças ou infecções mais banais, podendo essas ser, muitas vezes, fatais.

Coriza

Sob esta designação generalizada existem duas viroses responsáveis por sintomas idênticos, associados a patologia do sistema respiratório. A infecção por calicivírus ou por herpesvírus pode provocar lesões irreversíveis na mucosa respiratória com uma desidratação generalizada intensa, podendo levar à morte dos pequenos gatinhos. Os gatos infectados já na idade adulta tornam-se portadores crónicos deste vírus.

Panleucopénia

É uma doença viral provocada por um parvovírus que origina uma leucopénia muito importante (diminuição do número de glóbulos brancos), bem como uma diarreia aguda. Pode levar à morte dos pequenos gatinhos e, na fêmea gestante pode provocar malformações irreversíveis nos fetos.

Toxoplasmose

É uma doença parasitária na qual o gato pode actuar como um dos hospedeiros do parasita (assim como o porco e a ovelha). Os últimos estudos científicos demonstram que, respeitando as seguintes regras, o risco de transmissão do gato ao homem é nulo

-Não alimentar o seu gato com carne crua ou mal cozinhada;
-Eliminar, diariamente, as matérias fecais do caixote de areia/W.C.;
-Jardinar sempre com luvas calçadas;
-Ferver a água não potável sempre antes da sua utilização;
-Desparasitar regularmente o seu animal.

E essas foram as principais doenças causadas nos gatos.


Comentários

Escreva o seu Comentário