plantão filosófico
Jornal de Filosofia
Pesquisa

Thomas hobbes: As teorias contratualistas
Por Edemilson Leão de Lima (Leitor do Jornal), em 2017/06/19257 leram | 0 comentários | 37 gostam
Segundo hobbes, nas sociedades primitivas O HOMEM ERA O LOBO DO PRÓPRIO HOMEM o homem em seu estado de natureza provoca conflito, vive competindo, busca glória vivendo em estado de guerra.
elaborado: TATIANA SCHIMIT,ANDREIA PEDROSO,VANESSA BLASIUS
Nasceu em família pobre, mas conviveu com a nobreza no qual recebeu apoio para estudar. Desenvolveu a teoria Hobbesiana e foi o primeiro contratualista.
  segundo hobbes, nas sociedades primitivas [O HOMEM ERA O LOBO DO PRÓPRIO HOMEM], o homem em seu estado de natureza provoca conflitos, vive competindo, busca glória vivendo em estado de guerra.
  A única saída foi criar um contrato, sendo que os homens submeteram sua vontade a uma só homem, esse homem seria seu rei com poder absoluto, isto é, total e ilimitado. Cabe a o rei julgar o certo e o errado, justo e injusto, faz a guerra e a paz, recompensa e pune e escolhe conselheiro e pode censurar as opiniões e doutrinas contrarias a paz. Quando o próprio hobbes pergunta se não é muito miserável a condição de súdito diante de tantas restrições, conclui que nada se compara a condição dissoluta de indivíduos sem penhor ou as misérias da guerra civil .
   Alguns autores identificam hobbes como defensor do absolutismo real. Mas para hobbes, o estado tanto pode ser monárquico, formado por alguns ou muitos, por exemplos, uma assembleia.
    O poder do estado e exercendo pela força, pois só o castigo pode atemorizar os indivíduos .






















Comentários

Escreva o seu Comentário