plantão filosófico
Jornal de Filosofia
Pesquisa

Pokémon go e os benefícios da realidade aumentada
Por Edemilson Leão de Lima (Leitor do Jornal), em 2016/07/20352 leram | 0 comentários | 51 gostam
O que o uso da realidade aumentada para adultos caçarem monstrinhos imaginários ao redor do globo revela a respeito de nossa sociedade?
Quando vemos crianças, jovens e adultos correndo em frenesi, para “capturarem” monstrinhos inexistentes que apareceram em parques, imaginamos um povo alienado numa sociedade de consumo que nos manipula para poder lucrar.
É verdade que a tecnologia criadora da realidade aumentada é promissora e magnífica.
Quando uma equipe de seres humanos se dedica a desenvolver o primeiro grande projeto de realidade aumentada, o que ela cria e faz grande sucesso?
Não, não foi uma nova forma de interagirmos e colaborarmos coletivamente para construirmos cidades e comunidades mais engajadas, não foi uma forma inventiva de auxiliarmos o próximo e ampliarmos a qualidade de vida reciprocamente.
Não, o que a equipe de desenvolvedores faz é distribuir virtualmente bichinhos coloridos ao redor do globo terrestre para adultos deslumbrados correrem atrás.
É inegável que a tecnologia permeia praticamente todos os aspectos da vida moderna. A tendência aponta para uma integração dessa tela com o mundo real.
Pensando nisso, a Realidade Aumentada é uma tecnologia que permite que as informações do mundo virtual possam ser combinadas com as do mundo real de maneira muito mais integrada e interativa.
O advento da realidade aumentada é dado como a maior evolução das interfaces homem-máquina desde a criação do conceito de janelas no Microsoft Windows.
As possibilidades de utilização de Realidade Aumentada são inúmeras. A imaginação é o limite. Jogos, projetos CAD, redes sociais, estoques, supermercados, lojas de departamento e muitas outras áreas poderiam se beneficiar dessa tecnologia, trazendo mais informação ao mundo real, ajudando o usuário a realizar uma tarefa mais rápido ou simplesmente tornando a experiência de uso mais interessante.
Apesar das inúmeras possibilidades de começarmos a realidade aumentada de formas incríveis e impulsionadoras da evolução humana, decidimos começá-la caçando pikachus.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário