plantão filosófico
Jornal de Filosofia
Pesquisa

Indústria Cultural
Por Gustavo Frizzo Marquardt (Leitor do Jornal), em 2016/07/07284 leram | 0 comentários | 43 gostam
Indústria cultural é o termo usado para designar esse modo de fazer cultura, a partir da lógica da produção industrial. Significa que se passou a produzir arte com a finalidade do lucro.
Indústria cultural é o termo usado para designar o modo de fazer cultura, a partir da produção industrial. O que significa que passou a produzir arte com a finalidade de lucro. Por exemplo, para que o cinema tenha sucesso e lucro, é preciso que tenha um filme que agrade a maioria do público (quanto maior o número de pessoas maior o lucro).

O processo de padronização ocorre também no universo da música. Um ritmo ou um artista famoso logo é “copiado”, isso não possibilita aos ouvintes uma escolha, pois tudo é muito parecido. Outro problema é que não há mais espaço para a liberdade de criação, por exemplo, a música deve estar de acordo com o produto musical, empresário e o dono da gravadora. A lógica de produção artística é a mesma que a de produção artística é a mesma que a de produção industrial cada um faz sua parte sem conhecer todo o processo. O que importa é vender, sem se importarem coma qualidade músicas.

A indústria define qual tipo de arte pode ser consumida; e parte do público por não se rebelar perde a capacidade de julgar, com isso as indústrias produzem mais arte de péssima qualidade e o público a consome por não ter mais opção.

Para Benjamin há uma democratização da arte, pois se forem feito cópias da arte maior número de pessoas terão acesso a cultura.
Com o avanço tecnológico, é possível que mais pessoas tenham acesso as ferramentas para a produção de cultura. Benjamin não viu o mundo tecnológico que temos hoje mais pode ser observado. Com o barateamento da tecnologia permitiu-se que artistas gravassem em suas garagens ou em seus quartos, pois o computador seria uma ferramenta que possibilita uma abertura para o mundo, democratizando o acesso cultural.

Artigo desenvolvido por: Gustavo Frizzo Marquardt, Ivete Citadin e Kelle de Lima Przyvara

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário