plantão filosófico
Jornal de Filosofia
Pesquisa

Hedonismo
Por Aline Silva (Leitora do Jornal), em 2016/07/05293 leram | 0 comentários | 49 gostam
Consite em uma doutrina moral em que a busca pelo prazer de consumo, como uma receita da felicidade
A palavra vem do Grego, que significa, prazer/prazeroso. Com o surgimento na Grécia teve o Epicuro e Aristipo Cirene como alguns dos nomes mais importante. Essa doutrina moral teve a sua origem ceramaicos, epicuristas antigos. Determina que o bem supremo é o prazer sensual; Também é bastante confundido com o Epicurismo, porém existem algumas diferenças, ou seja, o Epicurismo é prazer com a paz espiritual e o Hedonismo bens de consumo como carro, celular de ultima geração etc.., Epicuro criou o epicurismo tendo como objetivo aperfeiçoar o Hedonismo. Epicurismo tem o objetivo da ausência da dor e no Hedonismo prazer de consumo. Sendo assim usando o hedonismo como uma das formas mais importante de vida, ou seja, uma receita de felicidade, essa doutrina entra em choque com a doutrina das igrejas. Pode se dividido em dois tipo: o ético e piscológico. No piscolégico se refere que agindo daquela maneira ele amenisa o sofrimento aumentando o prazer, ja no ético contempla os bens e as pessoas mais importante de sua vida. No geral, vivemos em uma sociedade imedialistas, trazendo varias consequências tanto boas como ruim, isso acaba gerando um certo tipo de vício, quanto mais isso lhe da prazer o vício aumenta e você vai querer comprar mais e mais, por isso está lhe fazendo "feliz". Não devemos ceder a felicidade por mais tentadora que seja. Poe exemplo: Hoje você compra um celular, mas amanhã já é lançado outro do mesmo modelo só que um pouc mais avançado, e pensa, "preciso desse celular porque tá na moda e todo mundo tem", vai lá e comprar, ou sai pra pagar uma conta e quando vê ja comprou blusas, sandálias etc...., isso pode acontecer quando fica estressada para diminuir a tensão.


Comentários

Escreva o seu Comentário