plantão filosófico
Jornal de Filosofia
Pesquisa

ANGÚSTIA
Por Laura Borgezan (Leitora do Jornal), em 2016/06/30231 leram | 0 comentários | 74 gostam
A angústia é originada da ansiedade, auxilia nas decisões, mas em excesso pode trazer problemas psicológicos.
Esta sensação psicológica é caracterizada pela falta de humor,insegurança, ressentimentos e/ou traumas associados ao ambiente em que o indivíduo se encontra, e pode ser considerado um sintoma de depressão, o que necessariamente não significa que toda pessoa angustiada é depressiva.
 Essa possibilidade de transtorno psíquico, é mais comum entre as mulheres, que na maioria das vezes guardam mais rancor de factoides ocorridos nas histórias vividas no passado, além de ter muitas responsabilidades e preocupações, como por exemplo,cuidar da casa e dos filhos.
 A angústia surge no momento em que o homem percebe sua liberdade, e se torna assim responsável pelas suas atitudes, fazendo-o refletir sobre as escolhas à serem feitas, não tomando decisões impulsivas e não ficando dessa forma, decepcionado pelos atos realizados.
 Artigo redigido por Luis Felipe Tubin, Laura Borgezan Ramos e Suelen Beatriz Andretti.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário