Panorama
Jornal da Escola Secundária de Rocha Peixoto
Pesquisa

“Só voa quem se atreve a voar”
Por Albina Maia (Professora), em 2016/03/04504 leram | 0 comentários | 278 gostam
Apresentação teatral de " História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar", na Biblioteca da nossa escola.
Na minha opinião, a representação teatral do conto “A história da gaivota e do gato que a ensinou a voar” foi muito interessante porque foi uma forma agradável de quem já leu o livro recordar a história, ou, de incentivar quem não leu, a ler.
     No meu ponto de vista, a representação poderia ter incluído mais algumas personagens que aparecem no livro, como por exemplo o chimpanzé, o Barlavento e até mesmo a gata do poeta. Eu penso que, por exemplo, a cerveja na mão do chimpanzé daria, com certeza, uma grande animação.
     Em relação à sonoplastia, eu achei que estava muito boa porque com alguns momentos musicais a peça ficou muito animada. Um facto que eu achei muito interessante foi o do sonoplasta , apesar de não ser ator, fazer uma personagem: o poeta.
     No fim da peça, tivemos oportunidade de conversar com os atores e ficar a saber um pouco mais sobre a sua vida.
 Esta apresentação fez com que, de uma forma descontraída, todos nós aprendessemos que, independentemente da raça e da cor, os animais podem ajudar-se e entender-se. Esta mensagem é bem mais ampla pois estende-se a todos os seres humanos.
 Nada é impossível e devemos sempre sonhar pois “só voa quem se atreve a voar”.

Rafael Madeira 7ºA


Comentários

Escreva o seu Comentário
 



publicidade