Na Onda
Jornal da Escola Secundária da Boa Nova, Leça da P
Pesquisa

O ouro do século XXI
Por Biblioteca António Nobre (Administrador do Jornal), em 2018/01/11138 leram | 0 comentários | 42 gostam
Ultimamente temos ouvido falar bastante do lítio e das vantagens que este nos oferece. Há quem lhe chame o ouro do século XXI, e também quem compare a sua fama à do petróleo.

Uma das aplicações do lítio que está bastante em voga é o uso que se dá em pilhas e baterias. Estas baterias são recarregáveis e normalmente utilizadas em telemóveis, computadores, câmaras digitais e veículos elétricos. No entanto, a produção do lítio acarreta vários custos, uma vez que requer uma quantidade significativa de energia e de consumo de combustíveis fósseis.
A Agência de Proteção Ambiental dos EUA, ao realizar um estudo sobre a matéria, concluiu que a utilização de baterias de iões de lítio pode causar o esgotamento de recursos e ainda agravar a toxicidade ecológica e o aquecimento global. Segundo o Diário de Notícias, “o lítio é importante para acabar com a dependência do petróleo nos transportes, mas esperamos que haja muita energia solar para carregar as baterias de lítio, porque agora, a maior parte da eletricidade é produzida pelas centrais a carvão e assim não adianta.”
Como metal, é sempre usado em ligas metálicas, que são utilizadas em diversos contextos, sempre com a função de fortalecer os compostos e, ao mesmo tempo, de os tornar mais leves.
Para além disso, este metal pode ser usado em medicamentos que tratam de depressões agravadas e bipolaridade.O lítio português tem tido até agora, antes do aparecimento da febre tecnológica, aproveitamento em medicamentos, nomeadamente, antidepressivos, além do uso na indústria do vidro e da cerâmica.
Relativamente às reservas de lítio, a América Latina é onde se encontra a maior reserva do metal já descoberta em todo o planeta. No que diz respeito a Portugal, o nosso país é já o quinto maior produtor mundial de lítio, e estima-se que a procura desta matéria-prima quadruplique ao longo dos próximos 10 anos.As regiões do nosso país mais ricas são Viseu, Guarda, Vila Real e Viana do Castelo.
O processo de obtenção do lítio também traz desvantagens. Para além da poluição e da alteração das paisagens, emite ruídos incomodativos para as populações e a sua exploração acarreta elevados custos.
O lítio é essencial para a criação de mecanismos médicos ou de lazer, para a produção de baterias, sendo, por isso, muito valorizado no mundo atual, e a sua procura tem vindo cada vez mais a aumentar.


Comentários

Escreva o seu Comentário