Na Onda
Jornal da Escola Secundária da Boa Nova, Leça da P
Pesquisa

Visita de estudo ao LNEG
Por Biblioteca António Nobre (Administrador do Jornal), em 2017/01/13356 leram | 0 comentários | 54 gostam
Eis as impressões do 11ºB

No dia 9 de janeiro de 2017, realizamos uma visita de estudo ao LNEG, organizada pela professora Cândida Ramoa, professora de Biologia e Geologia. O LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia, é um organismo de investigação, demonstração e desenvolvimento tecnológico cuja missão é promover a inovação tecnológica. O polo de S. Mamede de Infesta permite aos visitantes contactar com materiais e técnicos que os aproximam do verdadeiro campo de trabalho da Geologia. Desde logo pudemos observar um painel de amostras de rochas ornamentais existentes em Portugal, dos diferentes tipos (metamórficas, ígneas e sedimentares) e de conhecer as suas aplicações na construção de edifícios emblemáticos de várias cidades, nomeadamente Porto e Matosinhos. Tivemos também oportunidade de conhecer um geólogo apaixonado pela sua profissão, Dr. Narciso, que nos apresentou diversas cartas geológicas de Portugal e nos falou do processo que envolve a sua construção. Foi possível conhecer a evolução da cartografia geológica a partir da exposição de mapas realizados desde o século XIX. Curioso também foi compreender o papel do geólogo na elaboração das cartas, o que passa por um trabalho rigoroso de biblioteca, de campo e de laboratório, trabalho atualmente facilitado pela tecnologia.
O museu de geologia, também visitado nesta saída de estudo, apresentou-nos uma enorme coleção de amostras de recursos minerais portugueses, mas também a localização das respetivas minas no mapa nacional.
Surpreendente para alunos e professora foi a visita à litoteca (arquivo de amostras recolhidas em sondagens). Atualmente encontram-se arquivados ali cerca de 90 km de amostras (tarolos) de rochas extraídas em sondagens. Mais surpreendidos ainda ao descobrir que o preço de uma sondagem de 200 m de profundidade é equivalente ao de um apartamento T2.
Numa apreciação global podemos dizer que esta aula de geologia nos permitiu aprender e consolidar conhecimentos na área da geologia, com destaque para a geologia de Portugal, potenciando um recurso de grande valor científico que temos “à porta” da nossa escola.

A Turma do 11ºB

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário