O Destaque
Jornal Destaque
Pesquisa

Roberto Isaías Celebra 20 anos de Carreira
Por Bruno Queiroz (Administrador do Jornal), em 2016/07/0985 leram | 0 comentários | 13 gostam
Vida e Obra de Roberto Isaias
Se alguém perguntasse quem foi o mais jovem músico a gravar nos estúdios da Rádio Moçambique – único na altura – a resposta seria: Roberto Isaías. Foi concretamente em 1989, apenas com 16 anos, que o músico, compositor e ex-integrante de Kapa Dêch começou a cantar com seriedade.
Não teve mãos a medir. Largou a escola para penetrar na música e esse era o ar que o jovem respirava. Mas as suas contas partem de 1996, quando surge o projecto Kapa Dêch. Aliás, a sua carreira está intrinsecamente ligada à vida da banda. “Um dos compromissos que tivemos é que tínhamos que ser profissionais, tínhamos que viver de música, é por isso que tínhamos a banda que tínhamos”.
Para celebrar os seus anos de estrada, o músico que anda distante dos holofotes vai brindar seus fãs com novo álbum. Está tudo garantido para este ano. Setembro ou Outubro é o período eleito para lançar a obra que se vai intitular “Exploring the moment”. É mesmo um momento de celebração, por isso a ideia é explorar o bom momento que atravessa.
O CD vai dar uma volta ao passado, resgatar algumas músicas sonantes e aquelas que deviam ser, talvez recriá-las para ter nova roupagem. Mas não limita a criatividade, por isso promete novas composições na colectânea.
Está neste momento a desenhar um espectáculo à altura para essa celebração. Quer juntar amigos e profissionais com quem cruzou durante estas duas décadas num espectáculo que promete ser de muita pompa.
“Exploring the moment” sai oito anos depois de lançar seu primeiro álbum, “A ponte”, gravado no Brasil. Diferentemente do que se dizia na comunicação social, que Roberto Isaías ao sair da banda Kapa Dêch rompeu com os colegas, o que não é verdade, o CD a solo é prova disso. O trabalho contou com os préstimos dos maiores instrumentistas do antigo colectivo.
Para Isaías, “A ponte” ligou-lhe ao mundo e aos músicos de craveira. Neste CD conta com a participação dos maiores baixistas que o mundo viu nascer – o norte-americano Marcus Miller, quem esteve em concerto na cidade capital moçambicana, ano passado, e o brasileiro Artur Maia – , mas também participa a conceituada cantora moçambicana Chudy Mondlane.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário