Folha Cefet
Jornal Escolar do Cefet - Unidade Maria da Graça
Pesquisa

Ansiedade no Ambiente Laboral
Por Folha Cefet (Aluno, 2017), em 2019/07/07125 leram | 0 comentários | 4 gostam
Entrevista sobre ansiedade no ambiente laboral feita pela aluna Ana Clara Trugilho (2ASEGMINT) com a Médica do Trabalho Maria Regina Lemos.
1) Você acha que a ansiedade é presente no ambiente de trabalho? Se sim, como ela afeta os funcionários?
R: Sim. A ansiedade é presente, dentre outros fatores, em um ambiente laboral hostil, algumas vezes por pressão e outras por falta de cordialidade entre os colegas de ofício. Além disso, quando o trabalho não é explicitado e os funcionários não têm a competência e a habilidade necessária para a realização dele, a insegurança e a ansiedade são consequências em potencial.

2) A ansiedade pode ser agravada pelo trabalho?
R: Sim. Os sintomas de ansiedade podem ser uma característica já inerente ao funcionário, que podem ser acentuados em função de ele não conseguir desenvolver o trabalho com eficiência, muitas vezes por pressão ou hostilidade no ambiente laboral.

3) Como você acha que a ansiedade deve ser tratada no ambiente laboral?
R: Se a ansiedade for originária do ambiente de trabalho, é necessário saber as causas, para que se possa agir na raiz do problema. Por exemplo, se o que provoca a ansiedade é a incapacidade, o interessante seria promover uma educação continuada, isto é, investir em treinamento, para que os trabalhadores sejam e se sintam eficientes. Também podem ser realizadas interações entre os funcionários e investimento na implementação de trabalhos em equipe com homogeneidade, para que o ambiente se torne mais harmônico.

4) Você acha que a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho pode ajudar nesse sentido?
R: Pode! As palestras, os Diálogos Diários de Segurança, a educação continuada e o treinamento são partes integrantes fundamentais da SIPAT. Sendo assim, a abordagem da ansiedade nessa atividade é de caráter importantíssimo e pode gerar frutos muito bons.


Comentários

Escreva o seu Comentário