Folha Cefet
Jornal Escolar do Cefet - Unidade Maria da Graça
Pesquisa

Coletivo Florescer
Por Ana Clara Xavier (Aluna, 3 ASEG), em 2018/09/27191 leram | 0 comentários | 11 gostam
Apresentação e primeira ação do coletivo feminista do campus Maria da Graça
Coletivo Florescer – Primeira ação

     No dia 06 de setembro ocorreu a apresentação juntamente com a primeira ação do coletivo feminista do CEFET/RJ campus Maria da Graça, o coletivo Florescer. No primeiro momento foi lida a carta de apresentação e logo depois iniciou-se o debate com explicações e esclarecimentos do que é a luta feminista e como nós, mulheres, nos posicionamos para realizar ações dentro e fora desse meio.

     O debate contou com duas convidadas: Giovanna Almeida, ex-aluna do campus, estudante de Direito (UFRJ), participante do Movimento de Mulheres Olga Benário e Rita, que faz parte do Coletivo Pães e Rosas, é professora de Geografia e mestra pela UERJ.

     Após o debate inicial abriu-se o assunto para o tema “Abuso sexual/verbal”. Foi discutido sobre as consequências que tal ato pode gerar em uma mulher bem como o porquê se repudia essa ação. É notório que no decorrer da história mundial houve avanços para com os direitos das mulheres, através de muita luta. Porém, ainda hoje há fatos que devem ser expostos para que o cenário mude, como por exemplo: a média de estupro no Brasil que é de 135 por dia. Além disso, foi realizada a exposição de cartazes feitos pelas meninas do Coletivo Florescer que continham frases machistas e assediadoras que as mesmas escutaram em âmbito escolar. Todos os cartazes foram lidos e cada situação foi explicada.

     A iniciativa teve como objetivo, além da apresentação do novo movimento que está germinando e espera florescer, gerar impacto e reflexão nos indivíduos que propagam ações e falas que ferem qualquer mulher. Vale ressaltar também que as meninas do CEFET/RJ campus Maria da Graça além de poder contar com o Coletivo Florescer, podem contar com todo o apoio da direção da instituição, que,inclusive, ajudou na realização do debate.

Caso alguma menina queira fazer parte do coletivo pode procura pelas estudantes Flora Rangel (1ASEGMINT) e Ana Clara Xavier (3ASEGMINT).

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário