Folha Cefet
Jornal Escolar do Cefet - Unidade Maria da Graça
Pesquisa

O que é ser mulher?
Por Yuri Gomes (Aluno, 4BMAUTINT), em 2018/08/30225 leram | 1 comentários | 15 gostam
Confira as reflexões das alunas Aryane Soares e Juliana Lamas (4 Bmautint) sobre essa indagação
Fruto de proposta originada nas aulas de Filosofia, os textos reproduzidos abaixo tocam em uma questão cada vez mais visibilizada em nossa sociedade: a (des)igualdade de gênero. Vamos aos textos!


Texto de Aryane Soares

     Parece que o mundo foi criado para e somente para os homens, é como se as mulheres servissem para satisfazê-los, fazerem o que eles querem. É como se fôssemos intrusas nesse mundo que parece pertencer a eles. Quando ganhamos panelinhas de brinquedo e bonecas na infância, somos automaticamente instruídas, desde pequenas, a fazermos “nossas” tarefas domésticas e a cuidar de nossos filhos, já que somos "mães por instinto".
     Somos ensinadas desde pequenas que devemos nos comportar, mas não é somente a nos comportarmos não fazendo bagunça, é nos comportarmos usando roupas que não mostrem o corpo, que não sejam curtas, pois os homens não vão saber "se controlar", te respeitar e você será a culpada se algo acontecer. É não xingar, porque homem não quer que mulher mande, que tenha voz.
     As mulheres, principalmente as negras, são as que tem menos acesso à educação. Não temos voz e, quando conseguimos, somos interrompidas ou simplesmente nos ignoram. Majoritariamente os homens são mais envolvidos com a política e quando uma mulher está em um cargo politico mais alto, fazem de tudo para tirá-la.
     Nós recebemos salários menores que os homens, mesmo executando a mesma função. A maioria das mulheres já sofreram algum tipo de assédio. Ser mulher é evitar ao máximo andar sozinha na rua à noite. Não temos o direito sobre o nosso próprio corpo.
    Nós, mulheres, precisamos ser respeitadas, ouvidas, termos nossos direitos reconhecidos, termos acesso à educação. Precisamos nos unir e lutarmos para acabar com o machismo. Ser uma mulher é resistência, força, união. Ser mulher é luta.



Texto de Juliana Lamas

     É lutar uma luta já vencida. É ter voz e não ser ouvida. É ter conhecimento e não ser reconhecida. É ser pré-julgada por atos não cometidos e ser condenada mesmo sendo a vítima da situação. É ser rotulada quando não há preço algum que pague pela sua vida. É ter que se contentar com o trabalho do lar e ter uma vida profissional desvalorizada. É ter sua competência medida através de sua aparência física. É ter medo de andar sozinha numa rua escura e sem movimento. É ter que ouvir outras pessoas dizendo como se vestir, como se portar e sentir, tendo seus sentimentos frustrados. É chorar escondida e ter que sorrir forçadamente.É criar expectativa para serem destruídas. É acreditar no inacreditável e esperar o inesperado. É ser desrespeitada com piadas invasivas e cantadas grosseiras na rua, nos transportes públicos, em festas e em escolas. É passar por cima de toda essa luta e saber que só cada uma sabe o que se passa dentro de si. Isso é ser mulher.


Comentários
Por Harley Junior (Leitor do Jornal), em 2018/11/10
Ambos os textos me tocaram profundamente, principalmente o de Juliana Lamas. Ao ver como as mulheres ainda, em pleno século XXI, sofrem por conta do machismo na sociedade, sinto-me envergonhado por ser homem. Não há mais espaço para o machismo!

Escreva o seu Comentário