A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

CORRENTES DE ESCRITAS NA ESCOLA
Por Dulce Marques (Professora), em 2015/02/27233 leram | 0 comentários | 84 gostam
No passado dia 26 de fevereiro, pelas dez horas, dois dos escritores participantes nas Correntes de Escritas vieram à nossa Escola.
O encontro, entre os escritores Margarida Fonseca Santos e Vergílio Alberto Vieira com alunos dos 2º e 3º ciclos, decorreu no nosso auditório.
Elementos do grupo de teatro À Deriva fizeram um pequeno sketch de introdução, com referências à obra dos dois autores.
Margarida Fonseca Santos é uma escritora e formadora de futuros escritores, com uma vasta obra dirigida a quase todos os grupos etários, e já tinha sido convidada a visitar a nossa Escola para falar das obras infantojuvenis.
Há vários livros seus no Plano Nacional de Leitura, como “Uma Questão de Azul-Escuro”, “O Peixe Azul”, “O Boião Mágico”. Em coautoria com Maria João Lopo de Carvalho, escreve a coleção “7 irmãos” e com Maria Teresa Maia Gonzalez “As Aventuras de Colombo”.
Vergílio Alberto Vieira, professor e escritor de presença frequente neste certame, é autor de inúmeras obras para crianças, algumas delas incluídas igualmente no Plano Nacional de Leitura. “As Palavras são como as Cerejas”, “Meu fito, meu feito”, “O saco das mentiras”, “ O Livro dos Desejos”, são alguns dos títulos deste autor. Em novembro de 2008, publicou um livro de poemas dedicados à Póvoa, com o título “Cinema Garrett”. Felizmente, após um interregno de vários anos, o cinema Garrett acolhe a edição deste ano das Correntes, pelo que aqui deixamos o poema que dá título à obra, para aguçar o apetite.

CINEMA GARRETT
Ao cimo da escadaria,
Onde recebe, como não
Dar lugar à cortesia
Mesmo em fim de estação?

Há mais de um século em cartaz,
Ouve-se a banda sonora
De “Desejos de Rapaz”
Sentidos a cada hora

Como assim é, é segredo
De adolescentes, que um dia,
Conseguiu vencer o medo
De dar asas à fantasia.

À luz triste do balcão,
Frente ao ecrã apagado,
Só ele sabe por que então
Lá continua sentado.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário