A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

MEU AMOR DE SEMPRE,
Por Cristina Ferreira (Professora), em 2020/02/14140 leram | 0 comentários | 21 gostam
Meu amor de sempre,
As palavras de amor são banais e, ao mesmo tempo, muito especiais.
Dizer-te que Te Amo, que quero a tua companhia para a vida, que te darei todo o meu ser, completo, será hoje para ti como foi há muitos anos, quando te conheci. Tudo me deslumbrou e eras tudo para mim. A vida era encanto e de terra fecunda nasceram frutos, muito especiais, que são o nosso enlevo, parte da nossa alma e vida no nosso coração.
É muito bom escrever sem pudor e dizer o quanto foi, é e será bom continuar a amar-te e a viver para ti como um só, num coração repleto de ternura, perdão, dádiva e um sem fim de pequenos momentos que nos transformam em amantes sonhadores, de sublimes amores, tão ricos e perfeitos.
Não quero guardar palavras nem gestos de carinho, mas segredá-los ao teu ouvido e murmurar baixinho que não há amor igual ao nosso, porque o sentimos, partilhamos e o mundo é esquecido para viver em êxtase e sermos dois num só amor. É nosso o segredo das palavras e das lágrimas que nos une e se eleva para lá dos momentos em que o desamor nos quer invadir e nós, mais fortes que nunca, lutamos e vencemos com um beijo demorado..., abrasador... e transcendente... que é só nosso... Tudo é perfeito, tudo é perfeito...
Meu Amor, para ti, um pouco da lua para sonhar e um grande sol para te iluminar. Nós os dois para os proteger e cada um de nós para continuar a amar até ao fim!

Com ternura,
Tua flor.


Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe