A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

O OUTONO
Por Cristina Ferreira (Professora), em 2019/11/1421 leram | 0 comentários | 4 gostam
A nossa colega aposentada, Marta Santos, lembra-nos o tempo da passagem de um apetecido calor e repouso às mudanças de folha e ao recolher em nossas casas para viver mais um ... OUTONO.
Quando o outono bate à porta,
as árvores perdem o seu viço
deixando os seus vestidos esverdeados
e usando os de tons castanho-avermelhados.
O vento, atrevido, sopra... sopra... sopra...
levantando os vestidos das árvores
e os mais usados caem e esvoaçam
ficando nua a árvore que os envergou
e dando origem a tapetes coloridos
que enfeitam passeios e jardins.
Porém, ouvem-se os seus gemidos
 à passagem de desatentos transeuntes.
São frágeis e de enorme sensibilidade,
não aceitando as passadas descuidadas
que fazem sofrer as singelas folhinhas.
A chuva e a neve vai transformá-las,
vai deixá-las empapadas e a morrer.
Mas a sua árvore de novo se vestirá
de verde, com certeza, à chegada
de outra primavera.

Marta Oliveira Santos


Comentários

Escreva o seu Comentário