A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

DESAFIOS ECOLÓGICOS
Por Dulce Marques (Professora), em 2018/05/29187 leram | 0 comentários | 14 gostam
Os Desafios Ecológicos surgiram no âmbito do programa do 7.º ano de EMRC e foram alargados a toda a comunidade educativa.
A professora Olinda Ribeiro, docente de EMRC, conjuntamente com os alunos do 7º ano que frequentam a disciplina, e com recurso ao apoio técnico da Lipor, abraçaram este projecto, no sentido de se fazer uma separação mais apropriada do lixo produzido diariamente na escola.
O processo decorreu em três fases, aqui descritas pela representante da Lipor, engenheira Luciana Rocha;
“20 março - auditoria inicial.
29 março –formação da equipa de assistentes operacionais - com algumas resistências iniciais, conseguimos sensibilizar os A.O. para esta problemática, e rapidamente contámos com a colaboração deles para a reorganização das práticas, equipamentos e colaboração no processo!
 3 abril – reorganização/ adaptação dos equipamentos.
No passado dia 10 de abril fizemos um pequeno momento de informação/ sensibilização em todas as turmas (tendo ficado apenas 3 turmas de 7º ano sem a nossa visita por motivos de incompatibilidade de horário).
 Nesse mesmo dia fizemos acompanhamento do processo e retivemos algumas imagens positivas.
Se o processo se mantiver, julgo que iremos claramente ter necessidade de reforçar os contentores amarelos/ frequência de recolha pelo que vou continuar a acompanhar a evolução do processo junto da Professora Olinda/D. Emília e vamos ajustando as necessidades.
 Se for necessário ajustar algum pormenor, apesar da instituição não se ter ainda, inscrito no projeto “Lipor Geração +”, estamos disponíveis para acompanhar o processo, periodicamente”.

 No início de maio a professora Olinda recebeu esta mensagem, enviada pela engenheira Luciana Rocha, que aqui reproduzimos:
"ontem fiz uma pequena visita de acompanhamento do processo à Vossa escola e o desempenho está a ser espetacular, parabéns!
obviamente o contentor de indiferenciado tem sempre uma percentagem de embalagens, mas o crescimento dos níveis de separação é muito claro. O que está separado está muito bem separado! Estou muito contente e já dei nota ao Município e pedi também o reforço dos contentores amarelos. Aguardemos!

Vamos continuar a cuidar e a proteger o ambiente a começar pela nossa escola. Pode ser?


Comentários

Escreva o seu Comentário