A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

A BELA INFANTA DO SÉCULO XXI
Por Dulce Marques (Professora), em 2018/03/20116 leram | 0 comentários | 36 gostam
Os alunos com CEI leram o “Romance da Bela Infanta” do escritor Almeida Garrett, e fizeram uma versão adaptada ao século XXI
Estava a linda menina
Na esplanada sentada
Com o telemóvel na mão
Mensagens enviava.
Deitou nos olhos em redor
Viu vir um belo rapaz chegar.

- Olá, jovem rapaz!
Diz-me se viste o meu namorado
Às compras no Shopping.
- Anda tanta gente no Shopping!
Diz-me, linda menina
Os sinais que ele levava.
- Levava calças rotas nos joelhos,
Casaco de cabedal,
Na orelha um brinco em forma de cruz,
Uma argola no nariz
E a mão esquerda tatuada.
- Pelos sinais que me dás,
Vi muitos iguais a ele.
- Ai triste de mim coitada!
Combinei o encontro aqui
E já passa da hora marcada.
- Que davas tu, linda menina
Se eu o for procurar?
- Dava-te as minhas sapatilhas
E uma Coca Cola zero
- Não quero as tuas sapatilhas
Porque são pequenas para o meu pé
E não gosto de Coca Cola.
Dá-me outra coisa
Se queres que o vá procurar.
- Dou-te esta pulseira de couro
E pago-te um Mac menu.
- Não quero a tua pulseira
E só gosto de bifes a sério…
Dá-me outra coisa
Se queres que o vá procurar.
- Não tenho mais que te dar
Porque não tenho dinheiro
Para te comprar coisas melhores.
- Então, ó miúda não me reconheces?
Trago calças rotas nos joelhos,
Casaco de cabedal,
Brinco na orelha em forma de cruz,
Uma argola no nariz
E a mão esquerda tatuada
Com o teu nome dentro dum coração.
Onde tens o meu nome escrito?
- Ah! Está aqui na mão direita.
Não te reconheci, meu querido.
Porquê?
- Porque cortei o cabelo,
Fiz uma crista de galo
Que de vermelho colori.
Assim fico a condizer
Com as tuas unhas vermelhas
Porque uma gata queres parecer.
Assim, tu és gata
E eu sou galo.
Somos um par perfeito!...

Alunos CEI


Comentários

Escreva o seu Comentário