A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

"O NOSSO PATRONO ERA POETA" II
Por Dulce Marques (Professora), em 2017/04/21122 leram | 0 comentários | 79 gostam
Este poema obteve o primeiro lugar no concurso “O Nosso Patrono Era Poeta”, na categoria 3º Ciclo. A autora frequenta 0 8º ano.
MAR DA PÓVOA
Mundos diferentes que se
Encontram
E o areal estes veio separar
A terra já é antiga
E aquele que o farol já via
Desde que esta
O mar veio tocar.

Póvoa terra querida
Como teu famoso mar
Onde batalhas são vencidas
E onde vidas são perdidas
Contra o exército a batalhar.

Por vezes é belo e sereno
Como uma história para
Adormecer
Que nos embala lentamente
Como aquele abraço quente
Que nunca iremos esquecer.

Os braços das mães
Que rezam a S. Pedro
Pelas vidas dos filhos
Que se aventuram no mar
E que sempre voltam
Com uma história para contar.

Muitas vezes sobre o mistério
Que o mar da Póvoa esconde
Entre as algas que separam este
Ao rio de Vila do Conde.

Mas uma coisa todos sabem
E não o podem contrariar
É que o mar da Póvoa
Sempre iremos adorar.


Ana Moreira, 8º A


Comentários

Escreva o seu Comentário