A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

FOMOS AO TEATRO!
Por Dulce Marques (Professora), em 2017/02/03133 leram | 0 comentários | 44 gostam
No mês de janeiro grande parte dos alunos da Flávio teve a oportunidade de ir ao teatro.
Esta atividade, que integra o Plano de Atividades da Escola, tem por objetivo proporcionar aos nossos alunos um tipo de experiência que muitos, normalmente, não teriam, e, em simultâneo, motivá-los para as obras de leitura obrigatória de uma forma mais lúdica.
Os alunos do 6º ano assistiram à peça “Ali-babá e os 40 ladrões”, pela companhia Atrapalharte, no Auditório Municipal, no dia 12.
O 7º ano deslocou-se a Perafita, no dia 23, para assistir à peça “O Cavaleiro da Dinamarca”, pela companhia O Sonho.
No dia 26 foi a vez do 9º ano, que no Teatro Sá da Bandeira assistiu à representação do “Auto da Barca do Inferno”, numa versão da Companhia Actus.
Duas turmas do 7º ano deram-nos a sua opinião sobre a peça a que assistiram:

Foi muito agradável e divertido assistir à peça O cavaleiro da Dinamarca. Os cenários, os efeitos sonoros e de luzes eram bastante bons.
Destacamos a forma original de contar a história com a integração dos scapiros na peça, bem como a interação que os atores estabeleceram connosco.
Esta experiência permitiu-nos consolidar conhecimentos, o que é fundamental.
7ºD

A ida ao teatro foi uma boa iniciativa. Ver representada uma obra que estudamos nas aulas foi uma experiência engraçada e enriquecedora. A peça fez-nos compreender ainda melhor a história de O Cavaleiro da Dinamarca.
Os atores fizeram um bom trabalho, captaram a nossa atenção e pudemos constatar que foram muito fiéis ao texto.
7ºH

Dos alunos do 9º G, recolhemos estes comentários:
Ver a peça ajudou-me a compreender a obra.
Gostei especialmente da energia que os atores transmitiram ao público.
A peça não seguiu exactamente a obra, mas identificavam-se bem as personagens pelos trajes e elementos cénicos.
Apreciei bastante o trabalho dos atores, que interpretaram diferentes personagens.


Comentários

Escreva o seu Comentário