A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

UM PRÉMIO NOBEL DA LITERARTURA… PARA OUVIR
Por Dulce Marques (Professora), em 2016/10/14365 leram | 0 comentários | 138 gostam
A Academia Sueca anunciou ontem o Prémio Nobel da Literatura 2016. Surpreendentemente, o vencedor foi o autor/ compositor e intérprete Bob Dylan.
Bob Dylan, pseudónimo de Robert Zimmerman, nasceu nos EUA em 24 de maio de 1941.
Escreveu os primeiros poemas aos dez anos, e, na adolescência, aprendeu sozinho a tocar piano e guitarra.
O seu primeiro livro, “Tarântula”, foi publicado em 1971, e inclui poesia e prosa.
Nos seus espectáculos tocava habitualmente guitarra e harmónica, para além de cantar na sua voz algo nasalada e rouca.
Ficou principalmente famoso pelas letras das suas canções, de intervenção política e social, numa altura em que os americanos se questionavam sobre a guerra do Vietname e os conflitos raciais.
“Blowin’ in the wind”, cuja melodia se baseia numa canção tradicional, e “The times they are a-changing” tornaram-se hinos para os direitos civis e movimentos anti guerra.
Em 2004, outra das suas canções icónicas, “Like a rolling stone”, foi considerada pela revista “Rolling Stone” como uma das melhores de todos os tempos.
Bob Dylan também pinta e desenha tendo lançado um livro de desenhos "Drawn Blank" em 1994
Fez a sua primeira exposição denominada "The Drawn Blank Series" no Museu Kunstsammlungen em Chemnitz (Alemanha) entre Outubro de 2007 e 3 de Fevereiro de 2008 com 175 aquarelas e guaches.
Em 2012, Dylan foi condecorado com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo presidente dos Estados Unidos Barack Obama.
A academia sueca justifica o prémio atribuído a Bob Dylan por este “ter criado novas formas de expressão poética no quadro da grande tradição da música americana”.


Comentários

Escreva o seu Comentário