A Semente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr Flávio Gonçalv
Pesquisa

VISITA DE ESTUDO A AVEIRO
Por Dulce Marques (Professora), em 2016/06/14285 leram | 0 comentários | 78 gostam
No âmbito das disciplinas de Físico Química, História e Geografia, realizou-se, no dia 8 de junho de 2016, uma visita de estudo, tendo como destinatários os alunos do 8º ano.
Estes deslocaram-se a Aveiro, à Fábrica da Ciência Viva, e a Ílhavo, a fim de visitar a Capela da Vista Alegre e o Museu da Fábrica da Vista Alegre.
Os alunos começaram por visitar a Fábrica da Ciência Viva que, segundo testemunhos recolhidos, foi espetacular, mormente a oficina da Robótica, tendo-se deliciado com o movimento humanizado de diversos robôs, e também a exposição “Química por Tabela 2.0” que lhes proporcionou uma experiência única, rica, interessante, prática, dinâmica e inesquecível. Esta atividade serviu para consolidar conhecimentos já adquiridos nas aulas de Físico Química, através da observação/realização de experiências sempre com a interação, ora do docente que acompanhou os alunos, ora dos monitores com os discentes sempre que foi possível.
Os alunos puderam também visualizar o interior da capela da padroeira da Vista Alegre, fundada nos finais do século XVII pelo bispo D. Manuel de Moura Manoel, um imponente edifício barroco, que apresenta magníficos pormenores decorativos, como a Senhora da Penha de França que recebe os fiéis na fachada do templo, ou o admirável conjunto que reveste o interior, com azulejos setecentistas, talha dourada e abóbadas pintadas a fresco. Sobressai na capela o magnífico túmulo do fundador, esculpido em pedra de Ançã por Claude Laprade. O espaço foi classificado, em 1910, como Monumento Nacional.
Seguiu-se a visita ao Museu Histórico da Vista Alegre, o qual reúne a história da empresa fundada por José Ferreira Pinto Basto, a evolução da fábrica e das suas coleções ao longo de quase duzentos anos de existência, e a relação do emblemático complexo fabril com a povoação de Ílhavo.
Por fim os discentes tiveram a oportunidade de observar “in loco” o Bairro da Vista Alegre mandado construir pela família Pinto Basto, nos anos imediatos à fundação da fábrica, um bairro para habitação permanente dos operários, uma vez que o complexo fabril se encontrava distante das povoações circundantes, de onde aqueles eram oriundos. Algumas destas casas são, ainda hoje, espaço de residência de algumas famílias dos trabalhadores.


Professora Angelina Santos com a colaboração dos alunos do 8º E.


Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário