AltaMente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr. Alberto Iria
Pesquisa

Stop - caça furtiva
Por Biblioteca Alberto Iria (Professora), em 2020/05/2621 leram | 0 comentários | 2 gostam
Ajudaris - Texto elaborado pelo aluno Filipe Rodriguez
Esta história é sobre uma família portuguesa que foi viver para a Índia (na década de 80) na esperança de melhorar as suas condições de vida e acabou por encontrar uma causa maior.
O pai, de nome Marco, procurava emprego na área dos negócios pois julgava-se que este traria fortuna e segurança. Miguel, o filho deste e de Inês, de 12 anos, gostava de ocupar os tempos livres a explorar áreas naturais. Depois de se instalarem na casa nova em Mumbai, Marco e Inês saíram pela cidade em busca de oportunidades de trabalho. Miguel aproveitou a oportunidade para conhecer a floresta próxima da cidade e ficou surpreendido com a variedade de plantas e de animais que vira. Sem dar conta, afastou-se e envolveu-se nas profundezas daquele lugar. Ele não sentia medo e queria ir cada vez mais longe. Inesperadamente, ouviu um som único e segui-o, cheio de curiosidade. No meio das plantas secas encontrou uma cria de tigre de Bengala. Ela estava junto a um cadáver baleado de outro tigre que parecia ser sua mãe.
Miguel nem hesitou e levou a pequena cria para casa. Os seus pais ficaram muito surpresos e sensibilizados, mas, sabiam que o melhor seria levar o animal para um centro de recuperação. Assim o fizeram de imediato e o Centro de Recuperação e Acolhimento da Vida Selvagem de Mumbai recebeu o órfão para o cuidar e proteger. Miguel nunca mais conseguiu separar-se do jovem tigre e foi, desde esse momento, voluntário neste Centro. Atualmente, o Miguel é um dos principais defensores da vida animal na Índia e luta contra a caça furtiva..
Filipe Rodriguez n°8 5A


Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe