AltaMente
Jornal do Agrupamento de Escolas Dr. Alberto Iria
Pesquisa

As negociações do abutre
Por Biblioteca Alberto Iria (Professora), em 2020/05/2621 leram | 0 comentários | 3 gostam
Ajudaris - Texto elaborado pelo aluno Gonçalo Viegas
Num certo dia um abutre andava à procura de cadáveres para se alimentar , pois ele é necrófago. Ele procurou e procurou mas não encontrou nada.Quando estava à procura encontrou um leão que lhe disse:
- Boa tarde senhor abutre, eu sei que não nos damos muito bem , mas eu estou de bom humor, como posso chamar-lhe?
Abutre – Pode chamar-me de José, qual é o seu nome?
Leão – O meu nome é Alexandre, vejo que tem fome, a minha mulher acabou de trazer comida, quer um pouco?
Abutre- Sim muito obrigado!
Leão – De nada, até um dia.
O abutre voltou para casa com a comida para a sua família, o que ele não sabia é que o leão o estava a seguir . O leão estava pensando devorar a família do abutre. Depois de levar a comida para a sua família o José foi à procura de comida para o dia seguinte.
Enquanto isso, o leão chegou à casa do abutre aproveitou que uma cria estava a brincar com a mãe e feriu os dois.
Quando o abutre os viu magoados soube logo quem era o responsável que tinha feito aquilo.
Então, ele foi à procura do leão e quando o encontrou disse-lhe:
- Eu sei o que fizeste!
O abutre muito chateado, começou a arranhar o leão que o mordeu. O abutre parecia estar demasiado magoado mas, acabou por se levantar, pegou com as suas garras o leão e jogou-o na lama, o que parecia impossível e disse-lhe:
- Não te metas com a a minha família.
O leão ficou espantado com a coragem do abutre ao atacá-lo. E reconheceu que o abutre era muito protetor com a sua família, tal como ele. Então os dois fizeram um pacto em que o leão prometeu não fazer mal à família do abutre. E desde esse dia o leão nunca mais fez mal à família do abutre que conseguiu recuperar-se.

Gonçalo Viegas, 5º A


Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe