Janela Aberta
Agrupamento de Escolas de Santa Marta de Penaguião
Pesquisa

Poema "Ao Cavador da Vinha"
Por Carlos Rodrigues (Professor), em 2018/02/15109 leram | 1 comentários | 31 gostam
Para homenagear o Cavador da Vinha do nosso Douro, os professores e alunos das escolas de Fontes e Lobrigos enviaram um poema alusivo ao tema.
Ao Cavador da Vinha

Estou a ler a tua tela
Pintor de Baco
E arte de verde-rubro,
Solenemente!
Tua paisagem em linha
Teu tesouro
Em ondas simples
Sua voz desferra:
- Vem, rejubila
Domador da vinha
Escultor do Douro
Animador da terra!

O sol em cada aurora
E teu amor
Despertas com enlace,
Regas sem hora
Cada cepa com suor;
A chuva, em chuva de secas
Já nem nasce!

És arauto do teu crer
Aos pés de Marta e Mansilha
No tempo, em qualquer fado;
O mundo chega pra ver
A tua obra que brilha
Em Portugal Demarcado.

Prof. Barreto/ EB1 Fontes e Lobrigos


Comentários
Por José Barreto (Professor), em 2018/02/17
Gostei imenso do poema.
Era bom que houvesse mais gente a escrever e muita mais a ler. Só assim é possível valorizar e divulgar a nossa terra, onde vivemos ou trabalhamos.

Escreva o seu Comentário